Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
19 de julho de 2024 06:45

Banco do Nordeste expande crédito para pequenos negócios em Alagoas

Banco do Nordeste expande crédito para pequenos negócios em Alagoas

Em 2023, cerca de R$ 1,4 bilhão foi financiado para pequenos negócios urbanos e rurais no estado, alta de 26% em relação ao ano anterior
Fachada do Banco do Nordeste
Foto: Divulgação

Maceió (AL), 16 de fevereiro de 2024 – Os financiamentos realizados pelo Banco do Nordeste com pequenos negócios urbanos e rurais, em Alagoas, somaram R$ 1,4 bilhão no ano passado, alta de 26% no comparativo com 2022. Essas contratações foram realizadas com microempreendedores urbanos e rurais, micro e pequenos empresários, donos de empresas de porte pequeno-médio, agricultores familiares e mini e pequenos produtores rurais, público considerado prioritário pela instituição.

“Nesse começo de 2024, já contratamos R$ 140 milhões com esse segmento no estado, o que significa que, mantendo o ritmo, já será o bastante para ultrapassarmos o valor de 2023 ao final do ano. O BNB dedica um tratamento especial para esses públicos com condições diferenciadas de crédito, permitindo o desenvolvimento econômico da região e cumprindo seu papel social”, destaca o superintendente estadual do BNB em Alagoas, Sidinei Reis.

Ano passado, as micro e pequenas empresas e as empresas de porte pequeno-médio contrataram R$ 375 milhões com o banco em Alagoas, distribuídos em cerca de 2 mil operações de crédito. “Sabemos da importância dessas empresas para a geração de emprego e renda no estado e da relevância dessas contratações, com um crédito acessível que pode viabilizar a implantação de várias empresas desses portes, bem como a ampliação e a modernização de outras tantas”, atesta o superintendente.

Microcrédito

Já os financiamentos alagoanos realizados pelos programas de microcrédito do BNB, Crediamigo (urbano) e Agroamigo (rural) somaram R$ 712 milhões, incremento de 18% no contratado em 2022. São operações que foram contratadas com microempreendedores urbanos, muitos na informalidade, ou com microempreendedores rurais, no âmbito da agricultura familiar, por meio de metodologia própria, que abrange a orientação para aplicação do crédito.

Pelo Crediamigo, foram 135.759 transações no valor total de R$ 433,8 milhões. Já o Agroamigo contratou R$ 278,4 milhões em cerca de 26 mil operações de crédito.

Rural

Além dos financiamentos do Agroamigo, realizados no âmbito do microcrédito, os agricultores familiares alagoanos contrataram mais R$ 45 milhões, totalizando R$ 323,8 milhões para a agricultura familiar no estado. Os recursos dessas operações de crédito foram do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Já os mini e pequenos produtores rurais financiaram R$ 252,4 milhões, em créditos contratados com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

ademi-bahia
Sebrae Alagoas promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável de micro e pequenas empresas | Foto: Reprodução
sede-santander-1
Bilionarios-Nordestinos
polo RN
hospital
Corrente de comércio exterior nordestina atingiu US$ 24,97 bilhões no primeiro semestre de 2024 | Foto: Reprodução
bnb_infra
Ciclo do ouro impulsiona mineração sustentável e geração de empregos | Foto: Reprodução
Maceió, capital de Alagoas - Foto: Legacy600

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }