Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
21 de julho de 2024 10:13

Ministro Fávaro destaca recorde na abertura de mercados para o agronegócio e antecipa o maior Plano Safra da história

Ministro Fávaro destaca recorde na abertura de mercados para o agronegócio e antecipa o maior Plano Safra da história

Estiagem: ministro orienta produtores atingidos pelo clima a renegociar dívidas
Foto: Bruno Spada | Câmara dos Deputados

Em uma entrevista concedida ao Canal Rural nesta segunda-feira (1º), o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, enfatizou os recordes alcançados na abertura de mercados para o agronegócio brasileiro. Destacando a habilitação de 38 novas plantas frigoríficas para exportação na China e outras 27 nas Filipinas em março, Fávaro ressaltou o esforço do governo em fortalecer as relações comerciais para beneficiar os produtores brasileiros.

“Foi um recorde absoluto. O Brasil, nesses 15 meses do presidente Lula, abriu 104 mercados, estabelecendo relações comerciais com 49 países para produtos do agronegócio”, afirmou o ministro.

Projeção do Maior Plano Safra da História

Além disso, Fávaro antecipou planos para o que pode se tornar o maior Plano Safra da história do país. Com um diálogo bem encaminhado com o Ministério da Fazenda, o governo visa disponibilizar um volume de recursos sem precedentes para impulsionar a produção rural. O ministro projetou o anúncio do novo Plano Safra para o fim do primeiro semestre deste ano.

No entanto, o desafio do seguro rural ainda é uma preocupação. Apesar do desejo de ampliar o valor destinado a esse setor, atualmente em torno de R$ 950 milhões, o ministro destacou as limitações orçamentárias. Produtores e representantes do setor estimam que seriam necessários entre R$ 2 bilhões e R$ 3 bilhões para atender às demandas crescentes por esse tipo de proteção.

Renegociação de Dívidas

Fávaro também abordou a renegociação de dívidas para produtores afetados por dificuldades climáticas e variações nos preços das commodities. Ele destacou a recente decisão do Conselho Monetário Nacional que autoriza a renegociação de dívidas do crédito rural para produtores de 16 estados até 31 de maio.

Diante dessas perspectivas, o cenário para o agronegócio brasileiro mostra-se desafiador, porém com oportunidades de crescimento e fortalecimento, especialmente com políticas como o Plano Safra e medidas de apoio aos produtores em momentos de adversidade.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

ademi-bahia
Sebrae Alagoas promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável de micro e pequenas empresas | Foto: Reprodução
sede-santander-1
Bilionarios-Nordestinos
polo RN
hospital
Corrente de comércio exterior nordestina atingiu US$ 24,97 bilhões no primeiro semestre de 2024 | Foto: Reprodução
bnb_infra
Ciclo do ouro impulsiona mineração sustentável e geração de empregos | Foto: Reprodução
Maceió, capital de Alagoas - Foto: Legacy600

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }