Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
21 de julho de 2024 10:56

Três municípios concentram 51% da Produção Mineral Baiana

Três municípios concentram 51% da Produção Mineral Baiana

O resultado coloca a Bahia em terceiro lugar no ranking nacional de arrecadação

Por Tribuna da Bahia

 

Caetité (18%), Jacobina (17%) e Itagibá (16%), essas três cidades responderam por 51% da Produção Mineral Baiana Comercializada em Agosto. A variação em relação ao mesmo mês de 2020 foi de 58%, saindo de R$ 566 milhões para R$ 895 milhões, as informações constam no Sumário Mineral de setembro, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

Além desses três municípios, destaque também para Jaguarari, Sento Sé, Piatã, Barrocas, Andorinha, Juazeiro e Brumado. Atualmente gerando 13.467 empregos diretos no estado, o setor de mineração está em franca expansão mesmo com a crise econômica, só para se ter uma ideia, a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), ainda em agosto, já registrou uma arrecadação de R$ 91,6 milhões na Bahia. O número ultrapassa o valor de R$ 57 milhões, representando um crescimento de 60% em relação ao mesmo período de 2020.

O resultado coloca a Bahia em terceiro lugar no ranking nacional de arrecadação de CFEM, atrás apenas de Pará e Minas Gerais. A expectativa é que, já em setembro, o valor ultrapasse os R$ 94 milhões arrecadados durante todo o ano de 2020. Os dados são da Agência Nacional de Mineração (ANM).

Crescimento  

“Atualmente temos o ferro, o ouro e o níquel como os principais bens minerais produzidos na Bahia, e junto a outros completam uma grande variedade que nos anima num crescimento contínuo e sustentável do setor”, avalia o secretário de desenvolvimento econômico, Nelson Leal.

De acordo com ANM, vinculada ao Ministério de Minas e Energia, somente no mês de agosto 74 alvarás de pesquisa foram protocolados na instituição, assim como 152 requerimentos de pesquisa.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

ademi-bahia
Sebrae Alagoas promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável de micro e pequenas empresas | Foto: Reprodução
sede-santander-1
Bilionarios-Nordestinos
polo RN
hospital
Corrente de comércio exterior nordestina atingiu US$ 24,97 bilhões no primeiro semestre de 2024 | Foto: Reprodução
bnb_infra
Ciclo do ouro impulsiona mineração sustentável e geração de empregos | Foto: Reprodução
Maceió, capital de Alagoas - Foto: Legacy600

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }