Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
21 de junho de 2024 18:02

Alagoas concede incentivos fiscais a cinco empresas que investirão R$ 40 milhões no estado

Alagoas concede incentivos fiscais a cinco empresas que investirão R$ 40 milhões no estado

Criação de quase 400 empregos diretos e de 1.250 postos de trabalho aquecem a economia da região

Por Cecília Tavares
Para Ascom

Por meio do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado (Prodesin), o Governo de Alagoas concedeu incentivos fiscais  e locacionais a mais cinco empresas. Os incentivos foram autorizados, na manhã desta quinta-feira (23), pelo Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico e Social (Conedes) de Alagoas, fazendo com que os empreendimentos injetem, juntos, mais de R$ 40 milhões na economia alagoana, garantindo a geração de 342 empregos diretos e estimulando a criação de outros 1.250 postos de trabalho de forma indireta.

Durante a reunião, que aconteceu em formato híbrido, foram deliberadas a aprovação de incentivos fiscais para cinco empresas – Disteo Atacado e Varejo, de Teotônio Vilela; Natural Alimentos Ltda, de Viçosa; Copra Indústria e Comércio, de Murici; Fertial e Norte Fish Pescados, ambas de Maceió.

A concessão de incentivo locacional foi aprovada para a empresa Mui Nobre, do ramo atacadista de alimentos, que irá se instalar em Santana do Ipanema com investimentos na ordem de R$ 7,6 milhões e a geração inicial de 48 novos postos de trabalho no sertão. De acordo com o secretário de estado do desenvolvimento econômico e turismo, Marcius Beltrão, o governo de Alagoas trabalha para promover um aquecimento do cenário econômico do estado.

“Em mais uma reunião do conselho, deliberamos, analisamos e aprovamos benefícios que, juntos, irão injetar cerca de R$ 40 milhões na economia de Alagoas e, o mais importante é que esses empreendimentos vão gerar emprego, renda e desenvolvimento na capital e nas cidades do interior, promovendo a interiorização do desenvolvimento econômico e ofertando postos de trabalho em todas as regiões de Alagoas”, afirma o secretário.

Prodesin

Os benefícios concedidos pelo Governo de Alagoas integram as ações do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin) que, em 2016, passou por uma modernização e a oferecer redução de 92% no pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na saída dos produtos industrializados. Ganharam também diferimento no ICMS os bens destinados ao ativo fixo, a matéria-prima utilizada na fabricação de produtos e na aquisição interna de energia elétrica e gás natural.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Realização do DDS-QA com os colaboradores em Marituba | reportagem segurança de alimentos | Foto: Reprodução
mobilidade urbana
braskem
Aldemir Freire, Diretor de Planejamento do BNB | Reprodução Linkedin
summit-mobilidade
investalagoas1
Cerimônia marcou a grande noite dos vencedores do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE). Foto: Erivelton Viana.
Uma tela de computador exibindo um mapa do Brasil, um cacto representando o Nordeste e uma seta com indicadores econômicos em crescimento
Karine_Oliveira_Shark_Tank_Brasil_sony_da4a4753b7
Julio-VasconcelosJVC05434-Aprimorado-NR-scaled_p7420_cover_image_resized

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }