Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
29 de fevereiro de 2024 11:24

Aracaju tem a cesta básica mais barata do país, aponta Dieese

Aracaju tem a cesta básica mais barata do país, aponta Dieese

Os serviços caíram 2,2% em setembro deste ano, comparando com agosto último. O crescimento do setor foi de 17,7%, quando se compara setembro deste ano com o mesmo período de 2020

O preço da cesta básica voltou a subir em outubro, em 16 das 17 capitais pesquisadas pelo Dieese, chegando a passar de R$ 700. Segundo levantamento divulgado pelo Dieese, a cesta mais cara foi a de Florianópolis (R$ 700,69), seguida pelas de São Paulo (R$ 693,79), Porto Alegre (R$ 691,08) e Rio de Janeiro (R$ 673,85). Até setembro, o preço ainda não tinha chegado a R$ 700 em nenhuma capital do país. A mais cara era a de São Paulo: 673,45. Em 1 ano, o preço da cesta básica subiu em todas as capitais que fazem parte do levantamento. Os maiores percentuais foram observados em Brasília (31,65%), Campo Grande (25,62%), Curitiba (22,79%) e Vitória (21,37%). Para as famílias de baixa renda, o preço da cesta básica de alimentos chega a comprometer, na média, entre as 17 capitais, 58,35% do salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto referente à Previdência Social (7,5%). Em algumas capitais, já equivale a mais de 60% do salário mínimo. (DN – Redação)

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

conectarecife
OIP
The landscape of Caatinga in Brazil
2021-04-23-general-salgado-5-1
Reprodução
Reprodução
Reprodução
B3 | Reprodução
Maceió
IPVA Ceará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }