Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
22 de fevereiro de 2024 14:44

Avanço da colheita fez moagem de cana crescer 40% na 1ª quinzena de outubro

Avanço da colheita fez moagem de cana crescer 40% na 1ª quinzena de outubro

Segundo a Unica, volume alcançou 27,7 milhões de toneladas

Por Camila Souza Ramos
Para Valor Econômico – São Paulo

O prolongamento da colheita de cana nesta safra 2022/23 no Centro-Sul do país se refletiu nos números da produção sucroalcooleira na primeira quinzena de outubro, quando mais usinas estiveram em operação do que na mesma época da temporada passada.

Segundo dados divulgados nesta terça-feira pela União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica), o processamento da matéria-prima cresceu 40% no período ante um ano antes, para 27,7 milhões de toneladas. Agora, o atraso na moagem desde o início do ciclo está em pouco menos de 30 milhões de toneladas, enquanto até o fim da segunda quinzena de setembro a diferença era de 37 milhões de toneladas.

A moagem só não avançou mais por causa das chuvas, que voltaram a causar interrupções nos trabalhos no Paraná, em Mato Grosso do Sul e na região ao sul do rio Tietê, em São Paulo.

Açúcar

Com mais cana processada, a produção de açúcar na quinzena aumentou 59,1% na comparação anual, para 1,8 milhão de toneladas. Dessa forma, a diferença no acumulado da safra ante o mesmo período da temporada passada está agora em apenas 2,2 milhões de toneladas. A maior produção da commodity também foi favorecida pelo mix mais açucareiro das usinas na quinzena (48,27%). Desde o início do ciclo, a participação da produção de açúcar no caldo da cana chegou a 45,67%.

Etanol

Também houve um aumento na produção de etanol na primeira metade de outubro, mas focado no anidro (misturado à gasolina), que superou o volume de produção do etanol hidratado. A produção do anidro cresceu 20,8%, para 711 milhões de litros, enquanto a de hidratado subiu apenas 1,6%, a 664 milhões de litros. Do total de etanol produzido na quinzena (1,38 bilhão de litros), 12,7% foi a partir do milho (174,7 milhões de litros). No acumulado da safra, o etanol de milho representa 9,8% do total (2,25 bilhões de litros de um total de 22,9 bilhões de litros).

Projeções da Datagro

Por causa das chuvas, a Datagro reduziu sua estimativa para a moagem de cana no Centro-Sul em toda a safra 2022/23. A consultoria passou a prever que serão processadas 542 milhões de toneladas, ainda com aumento de 3,6% em relação à safra passada. Na 22ª Conferência Internacional Datagro sobre Açúcar e Etanol o Plinio Nastari, presidente da consultoria, observou que do início da safra, em abril, até 20 de outubro as chuvas interromperam a colheita por 16,6 dias, 6,2 dias a mais do que na safra passada.

As precipitações também estão diluindo a sacarose na cana, que deverá cair 0,5% ante o ciclo passado, para 142,2 quilos de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de cana processada, o que é um nível ainda elevado. A Datagro projeta que a produção de açúcar no Centro-Sul chegará a 33,25 milhões de toneladas, ligeiramente abaixo da projeção anterior mas ainda 1,7% acima da última temporada. A fabricação da commodity vem sendo favorecida pela maior remuneração em relação ao etanol — pelos preços de ontem, o açúcar bruto para exportação pelo porto de Santos oferecia uma vantagem de 322 pontos (US$ 0,0322 a libra-peso) sobre os preços do etanol hidratado em São Paulo, líquido de impostos.

 

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

B3
Maceió
IPVA Ceará
Lucas Araripe | Reprodução
sebrae
refinaria
Elétrico da BYD em exibição na Bahia | Reprodução
Paulo Raposo assume a Diretoria de E-Commerce da Carajás Home Center
Pesquisador da Universidade Federal de Viçosa mostra combustíveis produzidos a partir da Macaúba | Foto: Acelen
Carnaval de Olinda | Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }