Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
23 de fevereiro de 2024 12:19

BNDES aprova R$ 690 milhões para financiar parques eólicos da Casa dos Ventos

BNDES aprova R$ 690 milhões para financiar parques eólicos da Casa dos Ventos

A soma da capacidade instalada dos quatro parques eólicos, de 288 megawatts, equivale a um valor suficiente para atender cerca de 744 mil residências

Por Alessandra Saraiva
Para Valor Econômico – São Paulo

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou, em comunicado, aprovação de financiamento de R$ 690 milhões para a Casa dos Ventos, empresa que opera projetos de geração de energia a partir de fontes renováveis. Os recursos serão usados para financiar parques eólicos da companhia, informou o banco.

Os empreendimentos a serem financiados com crédito do banco, de acordo com informe da instituição de fomento, são: parques eólicos Ventos de São Januário 16, Ventos de São Januário 17, Ventos de São Januário 18 e Ventos de São Januário 19 localizados nos municípios baianos de Várzea Nova e Morro do Chapéu. O crédito será concedido no âmbito do programa BNDES Finem, linha de financiamento do banco para projetos de investimentos, públicos ou privados, voltados para geração e aumento de capacidade produtiva. A modalidade do empréstimo será via “project finance” e foi concedida a quatro sociedades de propósitos específicos controladas pela Casa dos Ventos. Os recursos também serão usados em investimentos nos sistemas de transmissão associados.

De acordo com informações apuradas pelo banco, a soma da capacidade instalada dos quatro parques eólicos, de 288 megawatts, equivale a um valor suficiente para atender cerca de 744 mil residências. A geração de energia elétrica decorrente dos projetos resultará em evitar emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) equivalentes a mais de 2,8 milhões de toneladas de CO2 equivalente (tCO2e), segundo cálculos citados pelo BNDES.

Ainda de acordo com informações fornecidas pelo BNDES, no comunicado sobre o assunto, os parques apoiados pelo BNDES são quatro de cinco que compõem Complexo Eólico Babilônia Sul. O complexo também recebeu recursos de emissão de debêntures de infraestrutura, do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) e do Banco do Nordeste, além de recursos do Grupo Casa dos Ventos, informou o banco. Os recursos serão utilizados na aquisição de aerogeradores nacionais, realização de obras civis e prestação de serviços técnicos especializados, detalhou ainda a instituição de fomento, em informe sobre o tema.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Reprodução
B3 | Reprodução
Maceió
IPVA Ceará
Lucas Araripe | Reprodução
sebrae
refinaria
Elétrico da BYD em exibição na Bahia | Reprodução
Paulo Raposo assume a Diretoria de E-Commerce da Carajás Home Center
Pesquisador da Universidade Federal de Viçosa mostra combustíveis produzidos a partir da Macaúba | Foto: Acelen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }