Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
15 de junho de 2024 14:31

Ceará terá 3º maior complexo de energia solar do mundo

Ceará terá 3º maior complexo de energia solar do mundo

Projeto vai gerar 2 mil empregos e terá investimento de R$ 8 bilhões. Licença de instalação já foi aprovada
Complexo terá capacidade para gerar quase 2 GW de energia. Foto: Shutterstock

Por Victor Ximenes
Para Diário do Nordeste

Cada vez mais robusto no setor de energias renováveis, o Ceará ganhará um novo complexo solar que será o maior projeto da América Latina e o terceiro do mundo, com um investimento de R$ 8 bilhões. Serão gerados 2 mil empregos durante a construção.

O Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema) aprovou, na tarde de ontem (17), em reunião extraordinária, a licença de instalação do parque de painéis fotovoltaicos, a ser construído nas cidades de Umari e Jaguaretama, no Vale do Jaguaribe.

Complexo Fotovoltaico Uruquê, assinado pela Uruquê Energias Renováveis, terá capacidade de gerar quase 2 GW (Gigawatts), um potencial suficiente para elevar a posição do Ceará no ranking nacional de energia solar para o terceiro lugar — hoje, o Estado é o quinto. Para se ter dimensão, os 2 GW representam ainda três vezes a atual capacidade instalada do Estado.

MAIS DE 5 MILHÕES DE PAINÉIS

Serão 5,7 milhões de painéis solares somados em duas usinas. O projeto será cravado em uma área de 6 mil hectares, parte para área útil e o restante como reserva legal e corredor ecológico.

Conforme a HL Soluções Ambientais, empresa de licenciamento do projeto, o local foi escolhido pela proximidade com ponto de conexão com o Sistema Interligado Nacional (SIN), contribuindo com a injeção de energia, a disponibilidade de extensas áreas livres de restrições ambientais e as condições ambientais favoráveis (meios físico, biótico e socioeconômico).

Foto da cidade de Umari (CE), uma das cidades que vai receber o parque de painéis fotovoltaicos

 

REFORÇO PARA O HIDROGÊNIO VERDE

Os sócios diretores da Uruquê Energias Renováveis, Jorge Lima e Sergio Bayas, destacam que a aprovação do maior projeto de energia fotovoltaica já apresentado no País assegura ao Ceará a vanguarda da geração do hidrogênio verde, pois o complexo solar possibilita o início da produção no ano de 2025.

Para a CEO da HL Soluções Ambientais, a engenheira Laiz Hérida, o projeto representa um marco para o setor de energia renovável no Estado.

O parque solar, diz a executiva, é um projeto 100% cearense.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Cerimônia marcou a grande noite dos vencedores do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE). Foto: Erivelton Viana.
Uma tela de computador exibindo um mapa do Brasil, um cacto representando o Nordeste e uma seta com indicadores econômicos em crescimento
Karine_Oliveira_Shark_Tank_Brasil_sony_da4a4753b7
Julio-VasconcelosJVC05434-Aprimorado-NR-scaled_p7420_cover_image_resized
Imagem gerada por inteligência artificial: (várias lojas populares, vendendo milho cozido, com bandeirinhas coloridas penduradas em cordões nas ruas, vários compradores e um grupo com uma pessoa tocando sanfona)
engie-696x428
citer-piaui-hidrogenio-verde-jpg
Captura de tela de 2024-06-06 07-29-18
produtos-importados-2
industriaRN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }