Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
21 de julho de 2024 09:50

Com empreendimentos de R$ 388 milhões, Moura Dubeux transforma Salvador em seu principal foco de investimento

Com empreendimentos de R$ 388 milhões, Moura Dubeux transforma Salvador em seu principal foco de investimento

CEO da incorporadora vê capital baiana como o maior mercado imobiliário do nordeste

Por Wendel de Novais
Correio da Bahia

Depois de lançar três empreendimentos imobiliários em Salvador com valor geral de vendas (VGV) de R$ 234 milhões no ano passado, a incorporadora Moura Dobeux intensificou ainda mais o trabalho em território soteropolitano. Isso porque, ao longo de 2021, a empresa vai lançar quatro empreendimentos – dois deles já lançados no primeiro semestre – com VGV de R$ 388 milhões em território soteropolitano. Um investimento volumoso que faz de Salvador a principal praça de investimentos por representar 29,8% do valor geral de vendas de todos os empreendimentos lançados pela empresa nos últimos 12 meses em todo o nordeste, região onde a Dubeux atua de maneira exclusiva.

Uma exclusividade que não é à toa já que a incorporadora é oriunda do nordeste, mais precisamente de Pernambuco, onde foi fundada há 38 anos. Por aqui, a Dubeux investe há 13 anos e já entregou 10 empreendimentos imobiliários, e 7 estão a caminho. Ação que deve ser ampliada nos próximos anos de acordo com o CEO da empresa, Diego Villar, que vê Salvador como um território fértil para os negócios da empresa. “Salvador é, sem dúvida, o maior mercado imobiliário do nordeste e o segundo do Brasil. É o lugar em que a Moura Dubeux quer mais crescer, se solidificar”, afirma.

Soteropolitano, Diego Villar acredita que Salvador é o maior mercado imobiliário da região (Foto: Wendel de Novais/CORREIO)

Crescimento na pandemia

Uma ambição que tem tudo para se concretizar pelos bons resultados da empresa mesmo em meio a pandemia. A companhia alcançou, em 2020, quando os efeitos da pandemia já estavam presentes, R$ 710 milhões em vendas líquidas; 25% a mais em relação a  2019. Só em Salvador,  as vendas líquidas chegaram a R$ 125 milhões no último ano.

Villar explica que o bom rendimento se deve ao fato da queda na taxa de juros e alta demanda por imóveis na região.  “O Nordeste e Salvador têm um baixo de estoque porque o mercado passou por uma crise com poucos lançamentos e as famílias continuaram crescendo. Aliado a isso, a taxa de juros chegou em patamares mínimos que eram históricos e fomentaram muito o mercado imobiliário. São circunstâncias que nos ajudam a ter um ótimo desempenho”, explica o CEO da Dubeux.

Para se ter uma ideia, a demanda é tão alta que projetos imobiliários da empresa já foram totalmente esgotados em um mês de venda. Caso do Dumare, que é um condomínio localizado em Jaguaribe e que gerou R$ 70 milhões, valor referente a todos os seus apartamentos, aos cofres da empresa em apenas 30 dias de comercialização.

Horto Florestal

Situação que faz a empresa ser otimista quanto aos rendimentos. Depois de obter um crescimento de vendas de 25% de 2019 para 2020, a expectativa é que a taxa de aumento nos rendimentos seja de 65% de 2020 para 2021. Isso muito por conta de novos empreendimentos da Dubeux como o Horto Essence, que acaba de ser lançado pela companhia no Horto Florestal, onde já tinha outros quatro projetos entregues.

 

Fábio, a direita na imagem, destaca criação de empregos em Salvador (Foto: Wendel de Novais/CORREIO)

Fábio Amorim, diretor regional da Dubeux, ressalta que o Horto Essence será um marco por fazer, junto com os outros empreedimentos que serão lançados ainda este ano, com que a empresa bata recorde no número de empregos gerados em 2022. “O Horto Essence será o nosso sétimo canteiro de obra em andamento que, somado aos próximos lançamentos deste anos, nos fará ultrapassar o número de mil empregos diretos das obras que teremos apenas em Salvador”, destaca.

No segundo semestre de 2021, a Dubeux vai lançar ainda mais dois empreendimentos em solo soteropolitano que, juntos, registram mais de R$ 200 milhões em investimento.

*sob supervisão da chefe de reportagem Perla Ribeiro

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

ademi-bahia
Sebrae Alagoas promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável de micro e pequenas empresas | Foto: Reprodução
sede-santander-1
Bilionarios-Nordestinos
polo RN
hospital
Corrente de comércio exterior nordestina atingiu US$ 24,97 bilhões no primeiro semestre de 2024 | Foto: Reprodução
bnb_infra
Ciclo do ouro impulsiona mineração sustentável e geração de empregos | Foto: Reprodução
Maceió, capital de Alagoas - Foto: Legacy600

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }