Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
22 de fevereiro de 2024 18:46

Empresa cearense lidera mercado de sorvetes no Nordeste com mais de 1,9 milhão de litros vendidos

Empresa cearense lidera mercado de sorvetes no Nordeste com mais de 1,9 milhão de litros vendidos

Com mais de 30 anos de atuação, Frosty alcança o top 5 nacional na venda de sorvetes

A cearense Frosty consolida a liderança no mercado de sorvetes do Nordeste ao se firmar como a maior vendedora de gelados comestíveis na região pelo terceiro ano consecutivo.

Com atuação em cinco estados (Ceará, Rio Grande do Norte, Maranhão, Piauí e Pernambuco) e mais de 60 lojas, além de um portfólio composto por 200 produtos, a companhia é também a quarta maior do Brasil em vendas no varejo, no segmento de sorvete de massa, perdendo apenas para Kibon, Nestlé e Jundiá segundo dados da plataforma Scanntech.

[ATUALIZAÇÃO ÀS 13H41]: A coluna havia informado que de janeiro a agosto deste ano, o volume de vendas da empresa no Nordeste ultrapassou R$ 1,51 bilhão. No entanto, as informações foram repassadas incorretamente pela assessoria de comunicação da Frosty. A informação correta é: de janeiro a setembro deste ano, o volume de vendas da empresa no Nordeste ultrapassou 1,9 milhão de litros, montante que representa um empate com o apurado no mesmo período de 2022 (1,9 milhão de litros).   

As 5 maiores vendedoras de sorvete do Nordeste

  1. Frosty
  2. Quy Sorwetto
  3. Ster Bom
  4. Kibon
  5. Frutbiss.

Nacionalmente, os cinco maiores vendedores de sorvete de massa são, nesta ordem: Kibon, Nestlé, Jundiá, Frosty e Sloop.

Sorvetes Frosty
Foto: Divulgação

Novas lojas

Com uma carteira de itens que inclui sorvetes, picolés, polpas de frutas e gelo para bebidas; a fabricante mantém marcha acelerada de expansão e projeta abrir mais 14 lojas próprias ainda em 2023. Os sorvetes e mais produtos também são comercializados em supermercados parceiros, lojas de conveniência e outros pontos de venda.

“Nossa proximidade com nossos clientes permite que a capilaridade das lojas seja bem recebida, que as pessoas confiem na alta qualidade dos produtos e que os revendedores também se sintam confiantes em todo o processo. Expandir exige uma logística bem estruturada, um time bem treinado e um robusto processo de compliance. Não tem segredo”, explica o CEO da Frosty, Edgard Segantini Junior.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

B3
Maceió
IPVA Ceará
Lucas Araripe | Reprodução
sebrae
refinaria
Elétrico da BYD em exibição na Bahia | Reprodução
Paulo Raposo assume a Diretoria de E-Commerce da Carajás Home Center
Pesquisador da Universidade Federal de Viçosa mostra combustíveis produzidos a partir da Macaúba | Foto: Acelen
Carnaval de Olinda | Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }