Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
21 de junho de 2024 18:54

Empréstimos e financiamentos crescem no Nordeste

Empréstimos e financiamentos crescem no Nordeste

O Maranhão lidera o crescimento com um aumento de 17,6%

O saldo das operações de crédito no Sistema Financeiro Nordestino atingiu a marca de R$ 749,6 bilhões no final de julho de 2023, refletindo uma expansão considerável nos empréstimos e financiamentos tanto para empresas quanto para pessoas físicas. Esse valor representa um aumento de 11,6% em relação aos doze meses anteriores, superando o crescimento do crédito a nível nacional, que registrou um avanço de 8,2% no mesmo período.

Reprodução

O estado do Maranhão se destaca como líder no Nordeste, com um crescimento impressionante de 17,6%, superando as médias regionais e nacionais. Esses dados foram coletados pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) com base em informações do Banco Central.

Segundo Allisson Martins, economista e pesquisador do Etene, o aumento no saldo de crédito é um indicativo crucial da expansão da atividade econômica, uma vez que o otimismo em relação ao crescimento econômico motiva empreendedores a buscar financiamento para investimentos.

Os recursos obtidos nas instituições financeiras são, em grande parte, direcionados para investimentos em máquinas, equipamentos, instalações, bem como para aquisição de matérias-primas, insumos e capital de giro.

Martins ressalta que “o crédito, com taxas de juros atrativas e prazos adequados, desempenha um papel fundamental no desenvolvimento econômico, permitindo a criação de novos empreendimentos, bem como a expansão e modernização dos negócios.”

O destaque do Maranhão nessa análise se deve ao forte apetite por crédito tanto de pessoas físicas quanto de empresas. No estado, o crédito para pessoas jurídicas e físicas cresceu consideravelmente, registrando aumentos de 20% e 16,9%, respectivamente.

No Nordeste como um todo, nos últimos doze meses encerrados em julho de 2023, o crescimento do crédito ocorreu devido à expansão das carteiras de crédito tanto para pessoas físicas (com um aumento de 12,2%) quanto para empresas (com um aumento de 10,2%).

No final de julho, 70,5% do saldo de empréstimos e financiamentos destinava-se a famílias, enquanto a parcela restante (29,5%) era direcionada a empresas.

Em um contexto regional, considerando operações acima de R$ 1 mil, a maior expansão no saldo de crédito até julho de 2023 ocorreu na Região Norte, com um crescimento de 17,3%. O Nordeste, com um aumento de 11,6% na mesma base de comparação, ficou em terceiro lugar no crescimento da carteira de crédito, logo após a Região Centro-Oeste, que registrou um avanço de 11,9%.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Realização do DDS-QA com os colaboradores em Marituba | reportagem segurança de alimentos | Foto: Reprodução
mobilidade urbana
braskem
Aldemir Freire, Diretor de Planejamento do BNB | Reprodução Linkedin
summit-mobilidade
investalagoas1
Cerimônia marcou a grande noite dos vencedores do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE). Foto: Erivelton Viana.
Uma tela de computador exibindo um mapa do Brasil, um cacto representando o Nordeste e uma seta com indicadores econômicos em crescimento
Karine_Oliveira_Shark_Tank_Brasil_sony_da4a4753b7
Julio-VasconcelosJVC05434-Aprimorado-NR-scaled_p7420_cover_image_resized

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }