Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
23 de fevereiro de 2024 17:09

EXCLUSIVO: Centro de Inovação do Polo Tecnológico abriga primeiro coworking gratuito de Alagoas

EXCLUSIVO: Centro de Inovação do Polo Tecnológico abriga primeiro coworking gratuito de Alagoas

Localizado em Maceió, espaço oferece estrutura completa num ambiente inovador para empreendedores alagoanos

Por Laura Pedrosa
Para Investindo Por Aí

Com sua veia tecnológica e foco em inovação, Alagoas mais uma vez sai na frente e desponta entre os Estados do Nordeste com maior investimento público na área da ciência e da tecnologia. Ontem, 14, foi inaugurado o primeiro coworking gratuito do Estado em Maceió, no Centro de Inovação do Polo Tecnológico (CIPT), que oferece salas equipadas com mobiliário, internet de ponta, climatização e espaços de uso comum. O coworking é aberto ao público, 24 horas por dia, sete dias por semana, com toda estrutura necessária para quem quer trabalhar em espaços colaborativos favorecendo o networking e a criação de novos negócios.

“Nenhum País consegue avançar sem investimento em ciência, tecnologia e inovação. Esse centro tem mais de 6 mil m2 e nos faz competitivos em relação aos estados vizinhos. Isso é fundamental para os empreendedores locais de todos os setores, pois é daqui que sairão as ideias para o mundo real para melhorar a vida das pessoas”, explica o vice-governador, José Wanderley.

Isso foi confirmado pelo último relatório da Federação das Indústrias do Ceará, onde Alagoas figura como 8º estado brasileiro com maior incentivo à pesquisa e à tecnologia. Nos últimos sete anos, o Governo do Estado tem criado uma série de projetos que permeiam o fomento ao empreendedorismo e à qualificação técnica dos alagoanos. A inauguração dos novos espaços do CIPT é somente mais um deles.

Os escritórios compartilhados são uma opção inteligente para pequenas empresas, empreendedores e startups e ganham cada vez mais força no país. “Esses novos espaços fazem parte da evolução do nosso Centro de Inovação. É uma forma de democratizar o acesso a um lugar propício ao desenvolvimento da economia criativa alagoana e ao fortalecimento de ideias inovadoras. Estamos vencendo mais uma etapa ao criar as condições favoráveis para o ecossistema de inovação do Estado. Um movimento que vem sendo gerado pelo governo de Alagoas”, afirma o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Silvio Bulhões. 

Secretário Silvio Bulhões discursando no evento de inauguração do Coworking

Também presente ao evento, o diretor da Fapeal – Fundo de Amparo à Pesquisa de Alagoas -, Fábio Guedes, parabenizou o caminho de sucesso trilhado pelas políticas públicas do Estado no campo da inovação. “Devemos continuar apostando no caminho para o desenvolvimento econômico e social de Alagoas que passa pela área da ciência, tecnologia e inovação. Isso nos leva a um futuro promissor”, enfatiza.

A sócia da agência alagoana Yellow Kite, Carina Oiticica, por exemplo, já alugou quatro salas e transferiu sua sede do JTR para o CIPT. “Decidimos transferir a sede da Yellow Kite para o Centro de Inovação porque aqui as empresas de tecnologia do nosso estado construirão um novo ecossistema altamente colaborativo, flexível e em constante transformação. Juntos, traremos soluções e novos modelos de negócios centrados no ser humano e com a agilidade que a nova economia demanda”, explica.

Para o analista comercial da startup alagoana Trakto, Domingos Braga, as inovações no CIPT proporcionarão mais união e integração entre empreendedores. “A parte técnica do espaço nos permitirá realizar hackathons e integração com startups de fora também. É um pontapé para outra fase muito interessante das novas empresas de tecnologia do Estado”, conclui.

Na ocasião, foi lançada a segunda rodada do programa Oxetech Work, projeto que oferece cursos profissionalizantes em tecnologia da informação, comunicação, inovação e áreas correlatas que funcionará no espaço.

O Centro de Inovação vai sediar a Escola Superior de Redes (ESR), uma unidade de serviço da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), criada para promover a capacitação, o desenvolvimento profissional e a disseminação de conhecimento em Tecnologias da Informação. O espaço vai oferecer também o programa Mentoring Team, que consiste num time de profissionais qualificados de diversas áreas (jurídica, marketing, financeira, etc) para auxiliar as empresas que fazem parte dos programas Lagoon Startups, GdH Serviço e GdH Indústria, do Governo de Alagoas, além de 45 estações de trabalho.

No evento de inauguração, além do vice-governador, José Wanderley, do secretário de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (SECTI), Silvio Bulhões, e do diretor da Fapeal, Fábio Guedes, estavam presentes a chefe de Gabinete Civil, Luiza Barreiros; o reitor da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Henrique Costa; o reitor da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Odilon Máximo; e o reitor do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Carlos Guedes. Importantes figuras da política estadual também compareceram, como o deputado federal, Isnaldo Bulhões, o vereador por Maceió, Chico Filho e o vice-prefeito de Major Isidoro, Leopoldo Amaral.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Reprodução
B3 | Reprodução
Maceió
IPVA Ceará
Lucas Araripe | Reprodução
sebrae
refinaria
Elétrico da BYD em exibição na Bahia | Reprodução
Paulo Raposo assume a Diretoria de E-Commerce da Carajás Home Center
Pesquisador da Universidade Federal de Viçosa mostra combustíveis produzidos a partir da Macaúba | Foto: Acelen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }