Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
1 de março de 2024 20:35

EXCLUSIVO: Alagoas é pioneira no fortalecimento da economia solidária por meio do cooperativismo

EXCLUSIVO: Alagoas é pioneira no fortalecimento da economia solidária por meio do cooperativismo

Encontro celebrou importância do segmento e virou palco de consulta pública para PPA
IFAL, Unicafes, Sedics e cooperados se reúnem para discutir propostas para o PPA sobre economia solidária

Para comemorar o Dia Internacional do Cooperativismo, celebrado no último sábado (1º), foi realizado o Encontro de Cooperativismo de Alagoas (Encoopal) nesta segunda-feira (03) no Centro de Inovação do Jaraguá, em Maceió. O evento, além de destacar a importância das cooperativas para a economia local, trouxe propostas do segmento para a construção do Plano Plurianual do Governo do Estado de Alagoas (PPA). 

Durante o evento, foram apresentados números de faturamento do setor e da contribuição econômica para o desenvolvimento da região. A União das Cooperativas da Agricultura Familiar e da Economia Solidária de Alagoas (Unicafes-AL) estima que 400 mil pessoas estejam ligadas às cerca de 330 cooperativas existentes no estado. No cenário brasileiro, Alagoas é o primeiro Estado a ter uma Secretaria Executiva de Cooperativismo, ligada à Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Sedics), como destaca Adalberon Sá, secretário executivo do Cooperativismo, Associativismo e Economia Solidária (Sedics).

“Por iniciativa da Unicafes, em 2022, esse encontro foi resgatado, assim como o Conselho Estadual do Cooperativismo e, neste ano, nós temos como fruto do movimento da sociedade civil a criação de uma Secretaria Executiva do Cooperativismo que reforça o compromisso do Governo com essa pauta e o pioneirismo do Estado no setor. O Encoopal deste ano é um marco histórico porque celebramos uma oportunidade de construir propostas para o PPA de fortalecimento do setor cooperativista”, complementou Adalberon Sá. 

Para Leandro Morais, consultor externo da Organização das Nações Unidas (ONU) para a economia social e solidária, que tem o objetivo de fomentar governos e estados nessa linha do cooperativismo, Alagoas desponta como referência na área.

“A ONU aprovou em abril deste ano uma resolução numa Assembleia Geral das Nações Unidas sobre o papel da economia social e solidária. É muito interessante ver que  em Alagoas está implementando ações de economia solidária mesmo antes dessa resolução. Estou muito feliz e levo  um aprendizado enorme comigo.  Alagoas é, realmente, um case de estado que está fazendo o cooperativismo acontecer de forma muito séria”, reforçou Morais. 


Papel da academia na economia solidária

Na oportunidade, também foi anunciada a criação da Ecosol, incubadora de economia solidária do Instituto Federal de Alagoas (IFAL), que surge como parceria institucional entre as instituições do setor para formação profissional em cooperativismo e economia solidária. O pró-reitor de Extensão do IFAL, Gilberto da Cruz, falou da expectativa de expansão da iniciativa. 

“A nossa incubadora já vai nascer em cinco unidades do nosso Instituto Federal e a  meta é ampliar para todos os campus do Instituto abrangendo várias regiões do estado. O IFAL tem uma relação muito próxima com a Unicafes e com as cooperativas. Somos uma instituição na qual 100%  da alimentação escolar é oriunda da agricultura familiar, e isso fortalece o cooperativismo”, afirmou Gilberto. 

Para Antonino Cardozo, presidente da União das Cooperativas da Agricultura Familiar e da Economia Solidária de Alagoas (Unicafes-AL), a incubadora vem não só para fortalecer os profissionais do segmento, mas  para destacar o impacto no setor. 

“Para nós, essa relação com IFAL é uma oportunidade de capacitação em Alagoas. Somos muito carentes nesse sentido, um setor sem números e sem referências bibliográficas. Então, a academia pode nos ajudar a construir esses números, essas referências e, sobretudo, a nos evidenciar enquanto setor que impacta economicamente e gera empregos”, ressaltou Cardozo. 

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Renata dos Santos, Secretária da Fazenda de Alagoas | Reprodução
Obras da Transnordestina | Foto: Agência Senado
agencia do bnb no bairro passaré - fortaleza - ceara
conectarecife
OIP
The landscape of Caatinga in Brazil
2021-04-23-general-salgado-5-1
Reprodução
Reprodução
Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }