Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
24 de maio de 2024 17:20

Exclusivo: turismo de luxo em Alagoas movimenta economia e gera mais de 2 mil empregos

Exclusivo: turismo de luxo em Alagoas movimenta economia e gera mais de 2 mil empregos

Estado já conta com uma oferta de mais de 25 empreendimentos e serviços de turismo de alto padrão

O estado de Alagoas tem se consolidado como um destino privilegiado para empresários e investidores que buscam oportunidades no mercado de turismo de luxo. Com mais de 25 empreendimentos e serviços de alto padrão já em operação, esses investimentos vêm impulsionando a economia local, gerando mais de 2 mil empregos.

As informações foram divulgadas pela secretária de Estado do Turismo, Bárbara Braga, que falou com o Investindo por Aí diretamente da China, onde acompanha o Governador Paulo Dantas em uma missão oficial do Estado.

Ilustração Digital – Cânions Residence Marina | Divulgação

A secretária destacou os esforços do Governo de Alagoas em fortalecer o turismo de luxo na região por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur-AL). “Nosso estado tem uma vocação natural para o turismo sustentável, experiências mais exclusivas e intimistas, e é nisso que vamos apostar. Estamos trabalhando para aumentar ainda mais o fluxo de turistas para este segmento e expandir esse mercado por aqui, ressaltando nossos diferenciais e apresentando todas as nossas potencialidades para o setor”, explicou a titular da pasta.

Bárbara lembrou que o destino Alagoas no mercado de luxo foi lançado oficialmente em um jantar, no dia 11 de maio, em São Paulo, quando a Setur reuniu grandes players nacionais deste segmento para desenvolver parcerias e apresentar as potencialidades do estado.

“Este segmento emprega, dadas as proporções, 3 vezes mais do que os a nível dormitório e proporcionam experiência sustentáveis singulares aos nossos turistas”, explicou.

A secretária lembrou ainda que, no dia 15 de julho, a Associação do Turismo de Luxo Brasileiro esteve em Alagoas para direcionar o trade especializado e proporcionar a inserção efetiva do estado neste mercado.

“É um mercado novo para nós, ao mesmo tempo que é tão propício diante da nossa infraestrutura, belezas naturais, cultura e história. Com a chegada do Aeroporto de Maragogi – nosso segundo portão de entrada – o fluxo de turistas crescerá, sem dúvidas, tanto para o segmento de luxo como para o sol e lazer, garantindo a movimentação econômica, gerando emprego e renda e melhorando a qualidade de vida do alagoano”, opinou a secretária.

Luxo no Sertão

Fábio Chemmes é empresário e passou a investir no ramo do turismo de luxo em 2010, na Bahia. Ele contou ao Investindo por aí que começou a entrar nesse mercado pensando em turismo náutico e imobiliário que envolvessem projetos de alta performance e com muito serviço.

“Em 2015 eu cheguei a Piranhas, no Sertão de Alagoas, a convite de um cliente que hoje é sócio em alguns empreendimentos, que é o Manoel Foguete, um empresário de Sergipe que atua muito em Alagoas, na região dos cânions do Rio São Francisco. E iniciamos um investimento no turismo de experiência de alta performance de luxo, para trazer um novo eixo de desenvolvimento de consumo de produtos para a região dos cânions do São Francisco. Nessa caminhada treinamos equipes especializadas em um turismo de experiência de luxo”, conta o empresário.

Ele lembra que, junto de seu sócio, levou muitos clientes para Piranhas, construíram o primeiro condomínio de alto padrão da região e estruturaram empresas de serviço voltadas para o luxo. “Mas o luxo com o conceito de turismo de experiência, com serviços de alta performance, desde praias privativas e particulares, até funcionários extremamente treinados para antecipar o desejo do cliente, entregando um atendimento super específico, com alta gastronomia e assim construindo um ecossistema”, explica Fábio.

O empresário explica ainda que, os empreendimentos de Piranhas funcionam como um ecossistema imobiliário, desde condomínios de lotes, apartamentos, empresas de serviços náuticos, restaurantes náuticos e no Centro Histórico, performando luxo e serviço.

“Neste momento estamos lançando um condomínio de lofts com uma temática arquitetônica moderna, contemporânea e muito serviço na parte do funcionamento desse condomínio, justamente para continuar performando experiências de alto padrão e levando referências para que outros empreendimentos venham com o mesmo tipo de funcionamento”,concluiu.

Opinião de quem entende

Investindo no segmento hoteleiro em Alagoas há 35 anos, o empresário e dono da rede de Hotéis Tropicalis, Glênio Cedrin, acredita que o estado ainda tem muito a oferecer no segmento do turismo de luxo.

“O sucesso do segmento tem dois fatores principais: lugares isolados e preservados e gastronomia sofisticada.  Muitos empresários que investem em pequenas pousadas em lugares isolados, com áreas exclusivas, já têm o seu know-how [conhecimento] e investem no treinamento e transformação de pessoas que irão atender esse público específico”, opina o empresário.

Ele explica que o investidor que pretende entrar nesse mercado, precisa saber que não basta apenas investir, mas entender que é necessário preservar o meio ambiente e capacitar sua equipe.

Vista em empreendimento da rede de Hotéis Tropicalis em Maceió | Reprodução

“É um público bastante específico e é preciso entender que a área onde o empreendimento será construído, precisa ser preservada. É necessário investir em gastronomia sofisticada, requer anos de formação e transformação. Não basta ter apenas recursos financeiros”, continuou.

Cedrin reforça ainda que o empresário deve pensar no turista desse a sua chagada em Alagoas, até a despedida. “Temos que pensar na cadeia como um todo, desde a recepção no aeroporto, na jornada do turista durante o período em que passa em Alagoas, até a sua despedida”, afirma.

O empresário reforça ainda a melhoria da infraestrutura em Maceió nos últimos anos, que pode tornar a capital ainda mais atrativa. “Maceió tende a deixar de ser o dormitório dos turistas que passam o dia em praias mais afastadas com o reordenamento da orla e a melhoria no saneamento da parte baixa da cidade. Vamos ver cada vez mais turistas nas barracas das praias, andando de jangada, visitando os bares durante a noite, explorando o Jaraguá, o artesanato e os museus. A tendência é que a cidade tenha cada vez mais atrativos turísticos e isso deve atrair muitos investidores”, concluiu.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Imagem do WhatsApp de 2024-05-24 à(s) 10.44
Galvanifertilizantespng
pina - recife
tijolos-ecologicos-
(Foto: Romain Dancre/Unsplash)
img13-1
Praia de Carneiros | Reprodução
WhatsApp Image 2024-05-17 at 14.23
Imagem aérea de bairro de Marechal Deodoro | Foto: Ricardo Ledo
i

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }