Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
30 de maio de 2024 11:35

Governo do Maranhão lança programa de estímulo ao empreendedorismo nos municípios

Governo do Maranhão lança programa de estímulo ao empreendedorismo nos municípios

Cidade Empreendedora é um programa que ajuda os municípios a descobrirem as aptidões das microempresas instaladas e capacitar os empreendedores locais para que eles possam se desenvolver

O Governo do Maranhão lançou o III ciclo do programa Cidade Empreendedora para estimular a economia local em 70 municípios do Estado. O lançamento ocorreu na última terça-feira (20) no auditório Terezinha Jansen, do Multicenter Eventos e Negócios, em São Luís (MA). O programa vai ser executado por meio de parceria entre a Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (Seinc) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Maranhão. Durante a solenidade também foi lançado o programa Pré-Universitário.

Divulgação

Iniciado em 2021, o programa já impactou 53 cidades maranhenses. Com este novo ciclo chegam a 123 o total de cidades contempladas e a meta do Governo do Maranhão é chegar aos demais 94 municípios até o fim do ano. Na abertura do evento, o governador Carlos Brandão assinou o contrato de prestação de serviços para a contratação de consultoria especializada para a execução do programa Cidade Empreendedora em 70 cidades do Maranhão.

“O Cidade Empreendedora é um programa que ajuda os municípios a descobrirem quais são as aptidões das microempresas instaladas nos municípios e com a expertise do Sebrae a gente consegue capacitar esses empreendedores para que eles possam se desenvolver. As micro e pequenas empresas são responsáveis pela maioria dos empregos gerados, então, é importante fortalecer esses negócios”, contextualizou o governador Carlos Brandão, durante a abertura do evento.

O presidente do conselho deliberativo do Sebrae, Celso Gonçalo, destacou a importância dessa parceria com o Governo do Estado. “O Sebrae vai prestar toda assistência necessária aos municípios por meio de capacitação em educação empreendedora nas escolas, a disponibilização de salas do empreendedor, trabalhando as compras do município para que os órgãos públicos comprem a produção local e os pequenos empreendedores possam se programar para esta demanda, o diagnóstico das vocações e oportunidades dos municípios entre outros serviços que vão ajudar a criar um ambiente favorável para o empreendedorismo local”, disse.

Superintendente do Sebrae no Maranhão, Albertino Leal, fez um breve balanço dos resultados obtidos durante os dois primeiros ciclos do programa. “Dos 53 municípios que já trabalhamos houve aumento na geração de emprego nas micro e pequenas empresas em 96% deles. Também houve a criação de quase 50 mil novos CNPJs e o tempo de abertura de novas empresas passou de 60h para menos de 20h”, informou.

Cidade Empreendedora

O Cidade Empreendedora é uma iniciativa que integra gestão pública e pequenos negócios em um ambiente de oportunidades, para estimular a economia local e desenvolver os municípios. O programa se organiza em 10 eixos de atuação, definidos de forma a contemplar todas as temáticas que influenciam a capacidade de um território em iniciar, acelerar e sustentar o processo de desenvolvimento.

“Nossa meta é levar as ferramentas de desenvolvimento do empreendedorismo que o Sebrae dispõe para os 217 municípios do Maranhão, como a Sala do Empreendedor, as capacitações para negócios nas áreas de comércio, serviços, indústria e agro, por exemplo. Todo um conjunto de ações, que através dessa importante parceria, vão fomentar políticas de desenvolvimento para o povo maranhense e contribuir para que em suas próprias cidades, seja possível gerar renda, garantir empregos, fazer a economia circular”, explicou o secretário de Estado de Indústria e Comércio, Júnior Marreca.

Para os municípios contemplados neste terceiro ciclo as expectativas são grandes. “A gente espera que o empreendedorismo seja fortalecido em Paço do Lumiar, melhorando o nosso comércio, nossa economia, a geração de emprego e renda”, disse Paula Azevedo, prefeita de Paço do Lumiar.

O prefeito de Cidelândia, Fernando Teixeira, garante que as ações do programa Cidade Empreendedora trarão resultados positivos para o município. “A gente espera ampliar o empreendedorismo no nosso município, gerando emprego, renda, fortalecendo a nossa economia”, comentou.

O Cidade Empreendedora também conta com o apoio da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), a partir de parceria celebrada por meio de Termo de Cooperação Técnica firmado entre o Governo do Estado e a Federação durante o 1º Congresso Estadual do Municipalismo Maranhense, realizado em março deste ano.

Germano Coelho, prefeito de Loreto e diretor jurídico da Famem, que representou o órgão no evento, ressaltou que a realização do programa vai ser importante para que os municípios descubram outras vocações. “Todo município tem sua atividade econômica principal, mas há outras áreas que, se forem bem aproveitadas, podem gerar mais emprego e renda. Então, acreditamos que o resultado deste novo ciclo vai ser o fortalecimento da economia dos municípios com a abertura de novos negócios”, afirmou.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

jomart
b3-4
Imagem do WhatsApp de 2024-05-24 à(s) 10.44
Galvanifertilizantespng
pina - recife
tijolos-ecologicos-
(Foto: Romain Dancre/Unsplash)
img13-1
Praia de Carneiros | Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }