Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
18 de julho de 2024 23:46

Marco Legal do Saneamento deve impulsionar investimentos de até R$ 26 Bi em Pernambuco até 2033

Marco Legal do Saneamento deve impulsionar investimentos de até R$ 26 Bi em Pernambuco até 2033

Pesquisa da IFAT Brasil destaca potencial de crescimento nas áreas de gestão de esgoto, resíduos sólidos e drenagem no estado nordestino

A recente implementação do Marco Legal do Saneamento no Brasil está impulsionando significativos investimentos no país, facilitando a criação de instrumentos financeiros e processos de concessões privadas regulamentados. De acordo com uma pesquisa realizada pela IFAT Brasil, com base em dados de órgãos públicos e empresas privadas, o estado de Pernambuco se destaca como um polo com o potencial de receber vultuosos R$ 26 bilhões em investimentos até 2033.

Estação de tratamento de água | Reprodução
Estação de tratamento de água | Reprodução

Os setores que devem se destacar no estado de Pernambuco incluem a gestão de esgoto, com um montante expressivo de R$ 10,2 bilhões, seguida pela gestão de resíduos sólidos e soluções em recuperação energética, que somam R$ 8,6 bilhões. A drenagem e infraestrutura de saneamento aparecem com R$ 4,1 bilhões, enquanto a gestão de água recebe a atenção de R$ 3,1 bilhões.

A análise da IFAT Brasil aponta que a região Nordeste como um todo atrairá investimentos substanciais da ordem de R$ 133 bilhões. O setor com maior déficit identificado é o de drenagem, com apenas 14,5% das áreas impermeáveis contando com sistemas adequados.

Em termos específicos, a gestão de esgoto possui a possibilidade de ampliar os índices de coleta para 33% e tratamento para 25%. No caso da gestão de resíduos, apesar de um atendimento próximo a 68% e da presença de aterros sanitários em mais de 50% das localidades, o índice de tratamento de resíduos ainda é pouco expressivo, com mais de 45% recorrendo a lixões. Já a gestão de água apresenta um índice próximo de 80%.

A nível nacional, os investimentos externos no setor de saneamento quase triplicaram entre 2020 e 2022, atingindo a impressionante cifra de R$ 90 bilhões. Essa quantia é quase três vezes superior ao período de 1992 a 2000, quando os aportes alcançaram cerca de R$ 35 bilhões. Segundo a pesquisa da IFAT Brasil, o setor tem o potencial de atrair recursos da ordem de R$ 580 bilhões até 2033.

IFAT Brasil

A IFAT Brasil, uma feira internacional de saneamento, desempenha um papel crucial nesse cenário. Organizada e promovida pela Messe Muenchen do Brasil, a feira tem como objetivo conectar os diversos stakeholders do mercado, proporcionando um ambiente único para todas as soluções relacionadas à gestão de água e esgoto, drenagem, infraestrutura e gestão de resíduos. Programada para ocorrer de 24 a 26 de abril de 2024, no São Paulo Expo, em conjunto com a M&T Expo, a maior feira de máquinas e equipamentos para construção e mineração da América Latina, a IFAT Brasil abrangerá mais de 10 mil m² de exposição, consolidando-se como um evento completo para agregar ao mercado e desenvolver soluções no setor.

Além disso, a feira contará com um Pavilhão de Inovação, estabelecendo parceria com a ISLE Utilities, uma das maiores agências de inteligência do mundo em inovação no setor de águas. Esse espaço permitirá que empresas com projetos inovadores participem de um processo de incubação de seus produtos, com auxílio na capitalização e expansão de comercialização através das plataformas da ISLE Utilities.

Em termos de conteúdo, estão sendo programados mais de 15 painéis temáticos para a IFAT Brasil, estabelecendo parcerias internacionais e locais. Isso fortalecerá a representação dos principais temas relacionados à operação e tomada de decisão dos gestores públicos e privados, apresentando experiências reais do setor.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Sebrae Alagoas promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável de micro e pequenas empresas | Foto: Reprodução
sede-santander-1
Bilionarios-Nordestinos
polo RN
hospital
Corrente de comércio exterior nordestina atingiu US$ 24,97 bilhões no primeiro semestre de 2024 | Foto: Reprodução
bnb_infra
Ciclo do ouro impulsiona mineração sustentável e geração de empregos | Foto: Reprodução
Maceió, capital de Alagoas - Foto: Legacy600
Festival de Inverno Bahia - Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }