Danielle Santoro

Por Redação
Para Cada Minuto

Após o presidente Jair Bolsonaro discursar nesta terça-feira (21), na 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, autoridades alagoanas repercutiram nas redes sociais a fala do presidente.

Através de post no Twitter, o secretário da Infraestrutura de Alagoas, Maurício Quintella, afirmou que se espanta com a situação. “A ignorância de Bolsonaro não me espanta, nem a coragem que advém dela. O que me espanta é o esvaziamento da inteligência no entorno de um Presidente da República. Trato da inteligência institucional, que precisa existir independentemente do inquilino do cargo”.

Já o diretor-presidente do Detran em Alagoas, Adrualdo Catão, escreveu que “não há palavras para isso. É uma vergonha humilhante”.

A vereadora por Maceió, Teca Nelma também usou as redes sociais para se posicionar contra o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que respondeu com um gesto obsceno a um protesto de brasileiros em Nova York.

“O ministro fez gestos obscenos contra manifestantes em NY. O MINISTRO DA SAÚDE!!!!!!! O clã Bolsonaro não cansa de passar vergonha”, disse.

George Santoro, Secretário da Fazenda do Estado de Alagoas, afirmou nesta manhã que a comitiva brasileira está sendo ridicularizada internacionalmente.

“Hoje ao ver a comitiva brasileira em #NovaYork sendo ridicularizada por toda mídia internacional me senti envergonhado! Imagem do país no buraco”, publicou nas redes sociais”.