Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
2 de março de 2024 00:35

Exclusivo: Governos do Nordeste fazem balanço do cenário econômico e revelam planos para os próximos anos

Exclusivo: Governos do Nordeste fazem balanço do cenário econômico e revelam planos para os próximos anos

Gestores de Pernambuco, Ceará e Bahia falam sobre iniciativas que prometem transformar o cenário econômico e gerar empregos

Com uma perspectiva promissora para a próxima década, o Nordeste se destaca como a região do Brasil com o maior crescimento econômico previsto para o período de 2025 a 2033, de acordo com os dados do relatório de Cenários Regionais de Atividade Econômica da Tendências Consultoria. Apesar da recessão iniciada em 2014, a região planeja investimentos tanto públicos quanto privados que prometem impulsionar a economia.

Montadora Stellantis, em Pernambuco | Divulgação

Nos investimentos cruciais para buscar um desenvolvimento mais equitativo no Nordeste, a região tem atraído aportes substanciais em setores estratégicos, como energia e infraestrutura.

A região Nordeste registrou a criação de 340.776 novos empregos formais ao longo de 2023, consolidando um cenário positivo impulsionado por diversos setores econômicos. Os setores de serviços, comércio e construção civil, pela ordem, são os maiores empregadores da região e do Brasil como um todo, sendo relevante destacar que o Nordeste responde por um em cada quatro empregos gerados pela construção civil no país.

Pernambuco

Em Pernambuco, a assessoria de imprensa do Governo do Estado informou ao Investindo por aí que o Estado encerrou o ano comemorando a marca de R$ 2,6 bilhões em investimentos anunciados pela iniciativa privada e a geração de 59.902 postos de trabalho, de acordo com os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) referentes ao período de janeiro a novembro de 2023.

Para os próximos quatro anos, a gestão estadual garantiu no Plano Plurianual (PPA) a triplicação do nível de investimento público com um aporte previsto de R$ 24,7 bilhões.

Porto de Suape, em Pernambuco | Foto: Rafael Medeiros
Porto de Suape, em Pernambuco | Foto: Rafael Medeiros

“A partir do primeiro dia de trabalho, eu e Priscila Krause (vice-governadora de Pernambuco) estamos trabalhando para assegurar um tempo novo a Pernambuco. E esse tempo já chegou, pois estamos recolocando nosso Estado de novo na rota do desenvolvimento. Nos articulamos, dialogamos e Pernambuco chega a 2024 com projetos estruturadores que vão dinamizar a economia com muito emprego e renda. Pernambuco está retomando seu lugar de líder do Nordeste, sendo também referência para o país”, enfatizou a governadora Raquel Lyra.

A assessoria destacou ainda que Pernambuco receberá R$ 91,9 bilhões do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), recursos que possibilitarão a conclusão da Transnordestina até Suape (ramal Salgueiro-Suape), a retomada das obras da Refinaria Abreu e Lima, entre outros projetos estruturadores.

Ceará

No Ceará, o número de contratações com carteira assinada superou o de demissões. Em novembro, o saldo positivo foi de 4.674 novos empregos gerados. Os dados são do Cadastro-Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) nesta quinta-feira (28).

Em virtude da expansão das vendas de fim de ano e da alta estação, o resultado de novembro foi impulsionado principalmente pelos empregos criados no comércio, alcançando um saldo de 3.123 novos postos de trabalho com carteira assinada. O setor de serviços registrou 2.313 empregos criados.

“Estamos felizes com a manutenção da trajetória de expansão de postos de trabalho em 2023, mas enfrentamos o desafio de ampliar esses números para atingir o contingente de pessoas que ainda buscam uma oportunidade no mercado de trabalho”, defende o secretário do Trabalho, Vladyson Viana.

Energias Renováveis Atraem Investidores para o Estado

O Estado do Ceará destaca-se pelo potencial em energias renováveis, atraindo empresas globais interessadas em produzir hidrogênio verde no Nordeste do Brasil. Desde o primeiro Memorando de Entendimento assinado em fevereiro de 2021, mais de 30 acordos foram firmados, indicando investimentos acima de US$ 30 bilhões de dólares (R$ 145,7 bilhões de reais).

Reprodução

Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) revelam que o Ceará possui 100 parques eólicos gerando 2.577 MW de potência, com outros 72 empreendimentos em construção ou não iniciados. Além disso, o estado destaca-se na energia fotovoltaica, com 1.559 MW instalados e outros 419 parques solares em construção.

Bahia

Entre janeiro e setembro de 2023, 49 novos empreendimentos foram implantados na Bahia, gerando R$ 3,96 bilhões em investimentos e 5 mil empregos. Os números refletem estratégias para instalação de empreendimentos, como ocorre com a chinesa BYD e empresas dos setores de energia eólica e mineração.

Complexo Eólico Tucano é o primeiro parque do Brasil a ter operação e manutenção realizadas localmente por uma equipe formada somente por mulheres (Foto: Divulgação) (BAHIA)
Complexo Eólico Tucano é o primeiro parque do Brasil a ter operação e manutenção realizadas localmente por uma equipe formada somente por mulheres (Foto: Divulgação) (BAHIA)

A Bahia é o sexto estado brasileiro com melhor saldo na geração de empregos no último ano, destacando-se nos setores de serviços, agricultura, indústria geral e construção. A instalação de empreendimentos na Bahia gera não apenas empregos diretos, mas também empregos indiretos.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Angelo Almeida, enfatiza a importância do ecossistema atrativo para empresas globais e destaca casos de sucesso, como o Complexo Eólico de Tucano, operado 100% por mulheres, com investimento de R$ 1,5 bilhão.

Além dos investimentos, o governo baiano tem se dedicado a programas de qualificação social e profissional, como o ‘Qualifica Bahia’ e o ‘Juventude Produtiva’, buscando impulsionar o desenvolvimento social e a autonomia econômica dos jovens baianos.

Em paralelo, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) atua na estruturação de projetos para qualificação de mão de obra, como o ‘Bairro Empreendedor’, que visa motivar empreendimentos e gerar renda para as beneficiárias.

Este cenário promissor evidencia o papel central do Nordeste nas projeções econômicas nacionais, ressaltando a importância dos investimentos estratégicos para impulsionar o desenvolvimento regional e nacional. O Nordeste se posiciona como um protagonista vital na busca por um Brasil mais próspero e equitativo.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Renata dos Santos, Secretária da Fazenda de Alagoas | Reprodução
Obras da Transnordestina | Foto: Agência Senado
agencia do bnb no bairro passaré - fortaleza - ceara
conectarecife
OIP
The landscape of Caatinga in Brazil
2021-04-23-general-salgado-5-1
Reprodução
Reprodução
Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }