Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
23 de fevereiro de 2024 21:16

Política cicloviária de Fortaleza é destaque no Financial Times

Política cicloviária de Fortaleza é destaque no Financial Times

Expansão das ciclovias, investimentos estratégicos e redução de mortes no trânsito colocam Fortaleza em evidência e garantem investimentos internacionais

Nessa quarta-feira (16), a cidade de Fortaleza conquistou um importante destaque internacional. O Financial Times, renomado jornal econômico do Reino Unido destacou a capital do Ceará como uma referência em boas práticas de políticas cicloviárias. O prefeito José Sarto ressaltou que a cidade está trilhando um caminho de sucesso, com ênfase em uma política viária bem-sucedida, contribuindo para uma Fortaleza mais sustentável e segura no trânsito.

Print de tela do Financial Times | Reprodução

A expansão das ciclovias e ciclofaixas é um dos destaques elencados pelo periódico britânico. Dados da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) revelam que, em menos de uma década, entre 2014 e 2022, a malha cicloviária de Fortaleza multiplicou-se mais de cinco vezes, saltando de 68 km para impressionantes 425,3 km. A Prefeitura projeta atingir 500 km até 2024, consolidando a cidade como um ícone da mobilidade sustentável.

Investimentos estratégicos e reconhecimento internacional

A requalificação da malha cicloviária de Fortaleza conta com o suporte da Bloomberg Philanthropies. Em junho deste ano, a cidade se destacou pelas políticas inovadoras voltadas à infraestrutura ciclística, sendo a única brasileira selecionada e a primeira no cenário global na Bloomberg Initiative for Cycling Infrastructure (BICI). Dez cidades serão beneficiadas com assistência técnica da Global Designing Cities Initiative e financiamento. Fortaleza receberá um investimento de 1 milhão de dólares para não apenas expandir vias, mas também para implementar uma política cicloviária inovadora, embasada em dados.

O Financial Times enfatiza ainda a redução consistente do número de acidentes fatais em Fortaleza. A cidade alcançou oito anos seguidos de diminuição, acumulando uma redução de 58% ao longo desse período.

No ano de 2022, Fortaleza lançou o Plano Municipal de Segurança no Trânsito, que se tornou um norteador primordial da política de segurança viária. Esse plano, consolidando estratégias bem-sucedidas ao longo dos anos, fez de Fortaleza a primeira capital brasileira a criar uma lei municipal sobre o tema.

A abordagem de Sistemas Seguros e Visão Zero fundamenta a política de Fortaleza, preconizando que nenhuma morte ou lesão grave no trânsito seja tolerável. Reconhecendo a inevitabilidade de erros humanos, a cidade busca mitigar acidentes por meio do planejamento urbano.

Projeto Re-ciclo e sustentabilidade

Outra iniciativa destacada pelo Financial Times é o projeto Re-ciclo, que fornece triciclos elétricos a catadores de lixo reciclável. Os novos veículos possuem maior capacidade de carga em comparação com as carroças tradicionais, levando a um aumento médio de 40% na renda mensal dos participantes.

Projeto Reciclo | Foto: Prefeitura de Fortaleza

O jornal ressalta que Fortaleza é um dos destaques da América Latina na promoção de uma política viária sustentável. A cidade não apenas fomenta a cultura do ciclismo, mas também reconhece a importância da expansão da malha cicloviária para criar um ambiente menos poluído e mais sustentável.

Proximidade da população à infraestrutura cicloviária

A expansão da rede cicloviária de Fortaleza prossegue com ímpeto. A cidade oferece agora uma extensão de 424,6 km de ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e espaços compartilhados para ciclistas, abrangendo todas as regiões da capital. Isso representa um crescimento notável de 524% desde 2012, consolidando o compromisso da cidade com a mobilidade saudável e sustentável.

Segundo o Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), Fortaleza lidera entre as capitais brasileiras no quesito proximidade da infraestrutura cicloviária, com 51% da população vivendo a menos de 300 metros dessas vias. Esse enfoque em acessibilidade reafirma a dedicação da cidade com opções de deslocamento mais sustentáveis e saudáveis.

Nesse cenário, Fortaleza emerge como um farol de mobilidade urbana consciente e segura, estabelecendo um exemplo inspirador para cidades ao redor do mundo. Com investimentos estratégicos e compromisso com a segurança, a cidade molda um futuro mais promissor para seus cidadãos e para o meio ambiente.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Reprodução
B3 | Reprodução
Maceió
IPVA Ceará
Lucas Araripe | Reprodução
sebrae
refinaria
Elétrico da BYD em exibição na Bahia | Reprodução
Paulo Raposo assume a Diretoria de E-Commerce da Carajás Home Center
Pesquisador da Universidade Federal de Viçosa mostra combustíveis produzidos a partir da Macaúba | Foto: Acelen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }