Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
23 de fevereiro de 2024 10:35

RN fecha primeiro trimestre do ano com saldo negativo de empregos

RN fecha primeiro trimestre do ano com saldo negativo de empregos

O patamar negativo se deu, em grande parte, pelo desempenho do trabalho na agropecuária

Por Redação
Para Tribuna do Norte

O Rio Grande do Norte fechou o mês de março e o primeiro trimestre deste ano com saldo negativo na criação de empregos formais. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam que 1.069 postos de trabalho foram eliminados em solo potiguar no terceiro mês do ano. O acumulado em 2022 também segue a mesma tendência, com saldo negativo de 2.157 empregos. Os números foram divulgados na última sexta-feira pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

O indicador  é resultado da diferença entre 14.501 admissões e 15.570 desligamentos, sendo o segundo mês que o estado fecha no negativo este ano, além de janeiro. Para efeito de comparação, o cenário é pior do que no mesmo período do ano passado, quando, mesmo em meio ao que foi considerado o ápice da pandemia da Covid-19, o estado conseguiu fechar o terceiro mês de 2021 com saldo positivo de 1.218 empregos formais (16.701 contratações e 15.483 desligamentos). Entre os estados do Nordeste, além do RN, apenas Pernambuco, Sergipe e Alagoas registraram saldos negativos.

O patamar negativo se deu, em grande parte, pelo desempenho do trabalho na agropecuária. O número de desligamentos na área (2.371) foi dez vezes maior do que de contratações (225), o que acarretou num saldo negativo de 2.146 postos de trabalho a menos somente no setor. O quadro no agro potiguar repete-se como uma tendência nacional, com o cenário negativo sendo registrado nas cinco regiões do país.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Reprodução
B3 | Reprodução
Maceió
IPVA Ceará
Lucas Araripe | Reprodução
sebrae
refinaria
Elétrico da BYD em exibição na Bahia | Reprodução
Paulo Raposo assume a Diretoria de E-Commerce da Carajás Home Center
Pesquisador da Universidade Federal de Viçosa mostra combustíveis produzidos a partir da Macaúba | Foto: Acelen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }