Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
29 de fevereiro de 2024 12:54

Sesc projeta investimentos de R$4 milhões na cultura do Rio Grande do Norte

Sesc projeta investimentos de R$4 milhões na cultura do Rio Grande do Norte

Os projetos fomentados abrangem as mais diversas representações culturais, tendo beneficiado mais de 45.000 pessoas no estado somente nos primeiros quatro meses do ano

A cultura é uma ferramenta poderosa de transformação social. Essa é uma das premissas de atuação do Sistema Fecomércio por meio do Sesc RN, e por isso a instituição tem o orgulho de possuir um vasto histórico de incentivo ao segmento, se consolidando como referência na promoção da arte e da criatividade no Rio Grande do Norte. Somente neste ano de 2023, a estimativa é que sejam injetados mais de 4 milhões de reais nos projetos e ações culturais que contemplam as mais diversas linguagens como literatura, artes cênicas, música, audiovisual, patrimônio cultural, e artes visuais.

Divulgação

Parte desse investimento já foi utilizado em ações realizadas entre janeiro e abril deste ano, e os impactos positivos ultrapassam as expectativas iniciais. Projetos como o BiblioSesc – uma unidade móvel de biblioteca que percorre o estado incentivando o hábito da leitura –, as turmas do Ballet, a extensa programação do período de Carnaval, as sempre muito requisitadas edições do projeto Letra & Música, as exposições na Galeria Sesc Cidade Alta, e as Ações Sesc Literatura são alguns exemplos, tendo beneficiado até então mais de 45.000 pessoas.

Sesc planeja novos projetos de cultura

Além de dar continuidade às ações atuais e sistemáticas, o Sesc RN se prepara para realizar na segunda metade do ano os principais grandes projetos de cultura, que devem atender mais 150.000 pessoas até o final de 2023. São eles: a Mostra Sesc de Arte e Cultura, a Aldeia Seridó, o espetáculo de final de ano – que em 2022 contou com a participação de Geraldo Azevedo –, e o lançamento dos Editais de Cultura, tendo somente este último um investimento total de R$ 489.360,00, um aumento de quase 30% em comparação ao ano passado (R$378.330,00).

“Os editais de cultura do Sesc são de extrema importância para a valorização e a difusão da cultura potiguar. Nos últimos 5 anos, nós fomentamos cerca de 240 propostas artístico-culturais por meio dos editais do Sesc RN, beneficiando mais de 750 profissionais envolvidos com as produções. Já quando vemos pelo lado de quem prestigia os projetos selecionados, neste mesmo período foram mais de 80.000 pessoas beneficiadas com apresentações, debates, intercâmbios, palestras, oficinas, shows, exposições presenciais e virtuais, entre outras formas de representação artística”, relata Daniel Rezende, coordenador de cultura do Sesc RN.

Sesc afirma que cultura é tratada como ferramenta de transformação social em todo o RN - Foto: divulgação
Sesc afirma que cultura é tratada como ferramenta de transformação social em todo o RN – Foto: divulgação

O incentivo dos editais de apoio à economia criativa da empresa gera impactos que vão além das produções artísticas por si só, beneficiando profundamente a vida de todos os envolvidos. Em 2021, por exemplo, um artista circense selecionado confidenciou à equipe de cultura da empresa que, devido a pandemia, ele e sua família encontravam-se em uma situação financeira e psicológica bastante complicada, e que ter sido selecionado pelo projeto “reativou suas forças e a esperança para “dias melhores” em sua vida e na do público amante das artes circenses”, conta Daniel.

Integração com o Sesc nacional

Além de todos os projetos e ações citados que são nativos do regional Rio Grande do Norte, também são realizadas ações integradas com projetos do Sesc Nacional, impulsionando a cultura potiguar para além das fronteiras do nosso estado, levando artistas para representar a empresa em projetos como Arte da Palavra, Palco Giratório, Sonora Brasil, LabMais e Mostra Sesc de Cinema.

Marcelo Queiroz, presidente da Fecomércio, falou sobre economia criativa em evento do Sesc- Foto: divulgação
Marcelo Queiroz, presidente da Fecomércio, falou sobre economia criativa – Foto: divulgação

Para o Presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, realizar ações de fomento à cultura faz parte das prioridades da instituição, seguindo uma tendência nacional e global de valorização da economia criativa para o crescimento social, político e econômico da sociedade. “A arte tem o poder de transformar desde uma única pessoa até uma sociedade inteira. Investir em cultura é uma das formas que o Sistema Fecomércio e o Sesc RN atuam na intenção de transformar para melhor a vida dos potiguares”, reforçou o presidente.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

agencia do bnb no bairro passaré - fortaleza - ceara
conectarecife
OIP
The landscape of Caatinga in Brazil
2021-04-23-general-salgado-5-1
Reprodução
Reprodução
Reprodução
B3 | Reprodução
Maceió

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }