Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
19 de junho de 2024 20:33

Usina Pindorama encerra safra com recorde de moagem, mesmo com dificuldades climáticas em AL

Usina Pindorama encerra safra com recorde de moagem, mesmo com dificuldades climáticas em AL

A quantidade de cana processada gerou uma produção de 63.850.991 litros de álcool e 1.017.417 sacas de açúcar de 50kg, resultando em 50.870 toneladas
Na tarde da última sexta-feira, 26, a Cooperativa Pindorama chegou ao final de mais um período de safra, marcando a moagem 22/23 como a mais extensa da história da empresa e com recorde de toneladas de cana processada, alcançando o expressivo número de 1.204.416,706 toneladas. A Pindorama foi a última indústria sucroenergética em Alagoas a encerrar sua moagem na safra atual.

Divulgação

Iniciada em meados de agosto do ano passado, esta moagem da Usina Pindorama durou exatos 267 dias, cerca de 9 meses, o que é considerado uma anormalidade, já que a logística de colheita, transporte e processamento da cana-de-açúcar dura, em média, 6 meses.

De acordo com o gerente Industrial da Pindorama, Erikson Viana, esse excedente de tempo da safra 22/23 é resultante das condições climáticas anormais do período.

“Com a ocorrência de chuvas acima da média, há o aumento da produtividade do campo, mas, também, a imposição de dificuldades na colheita e transporte da cana”, disse.

Essas dificuldades não foram uma exclusividade da Usina Pindorama. O volume excessivo de chuvas acometeu todo o estado de Alagoas, impondo às usinas muitos obstáculos para a realização da logística da moagem.

Recorde de toneladas de cana moída

A safra 22/23 da Usina Pindorama é a maior de sua história também em toneladas de cana moída. A indústria alcançou significativas 1.204.416,706 toneladas de cana moídas, ultrapassando o recorde estabelecido na safra 21/22, quando chegou a 1.052.071,730 toneladas, um aumento de 13% na produção, superando a expectativa de 5% gerada após upgrade tecnológico e melhoria na estrutura do maquinário da usina, implementados pela diretoria durante a entressafra passada.

A quantidade de cana processada gerou uma produção de 63.850.991 litros de álcool e 1.017.417 sacas de açúcar de 50kg, resultando em 50.870 toneladas.

Previsão

Segundo previsão feita pelo presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos, a safra 23/24 está prevista para ter início em entre a segunda quinzena de agosto e a primeira de setembro, com a expectativa de se ultrapassar a marca de toneladas de cana moídas entre 5% a 10%.

“Trabalhamos para sempre aprimorar nossa capacidade. Os obstáculos existem para serem vencidos. Com os esforços de cada um, com preparação e prevenção, nós conseguimos, mais uma vez, superar nossas próprias expectativas, e assim continuaremos a fazer, garantindo o crescimento contínuo de nossa empresa”, disse Klécio Santos.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

braskem
Aldemir Freire, Diretor de Planejamento do BNB | Reprodução Linkedin
summit-mobilidade
investalagoas1
Cerimônia marcou a grande noite dos vencedores do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE). Foto: Erivelton Viana.
Uma tela de computador exibindo um mapa do Brasil, um cacto representando o Nordeste e uma seta com indicadores econômicos em crescimento
Karine_Oliveira_Shark_Tank_Brasil_sony_da4a4753b7
Julio-VasconcelosJVC05434-Aprimorado-NR-scaled_p7420_cover_image_resized
Imagem gerada por inteligência artificial: (várias lojas populares, vendendo milho cozido, com bandeirinhas coloridas penduradas em cordões nas ruas, vários compradores e um grupo com uma pessoa tocando sanfona)
engie-696x428

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }