Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
21 de junho de 2024 15:08

Inauguração do Porto Piauí marca novo ciclo econômico para o estado

Inauguração do Porto Piauí marca novo ciclo econômico para o estado

Único estado litorâneo sem porto celebra a realização de projeto idealizado ainda nos anos 60

O Piauí, único estado brasileiro banhado pelo Oceano Atlântico sem acesso a um porto marítimo, vivenciará um marco histórico com a inauguração da primeira fase do Porto Piauí, prevista para esta quarta-feira (13), no município de Luís Correia, no litoral do estado. O projeto é uma grande realização para o Estado, que idealiza seu próprio porto desde a década de 1960.

O governador Rafael Fonteles destacou, em nota, que o empreendimento não beneficia apenas a Planície Litorânea, mas todo o Estado, proporcionando avanços importantes no transporte de mercadorias de diversas regiões do Piauí. A preocupação em preservar o meio ambiente e as cadeias produtivas locais também foi enfatizada, sublinhando o equilíbrio entre o projeto grandioso e o cuidado com as pessoas e o ambiente.

Porto Piauí | Reprodução
Porto Piauí | Reprodução

Os investimentos no Porto Piauí indicam uma transformação na realidade econômica do Piauí, facilitando a exportação e importação de produtos, impulsionando negócios locais e aumentando as receitas do Estado. Contudo, o impacto será gradual, com a entrega da primeira etapa e a previsão de fases subsequentes nos próximos meses e anos, em parceria entre o Governo do Estado e empresas privadas.

Início das operações do Porto Piauí

No dia 13 de dezembro, o Ministério dos Portos e Aeroportos e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) concederão autorização para o funcionamento do Porto Piauí, marcando o início das operações do porto. A obra incluiu a dragagem do canal, garantindo a navegabilidade para embarcações.

O governo, por meio da Investe Piauí, empresa de economia mista responsável pela operação, realizou obras estruturais, englobando o cais, a dragagem e a urbanização do local. Embora o Porto Piauí já esteja apto a receber navios, a operação de navios regulares aguarda a instalação de terminais específicos por empresas privadas interessadas em operar no local.

O Governo do Estado estima que a exportação e importação de mercadorias pelo Porto Piauí terá início no segundo semestre de 2024, com a conclusão do primeiro terminal. A construção de mais quatro terminais também está prevista, abrangendo pescado, grãos, fertilizantes, cargas gerais, hidrogênio verde e amônia, com a construção estimada em R$ 1 bilhão, principalmente financiada por empresas privadas.

Investidores do Porto Piauí

Empresas como a Lion Mining, exploradora de minério de ferro em Piripiri, já manifestaram interesse na construção de terminais. As obras devem começar após o chamamento público, em fevereiro de 2024.

A inauguração do Porto Piauí representa um marco para a economia local, permitindo que empresas do estado exportem e importem produtos pelo litoral, gerando riqueza e receitas fiscais. O porto reduzirá a dependência dos portos de Itaqui, no Maranhão, e Pecém, no Ceará, contribuindo significativamente para a arrecadação do Estado.

O Porto Piauí destaca-se por sua proximidade com a ZPE Parnaíba, a maior usina de hidrogênio verde do mundo, e sua integração ao sistema intermodal do Vale do Parnaíba. A ZPE Parnaíba, localizada a 32 km do porto, promove uma movimentação direta dos produtos exportados, aproveitando vantagens tributárias e administrativas. A usina de hidrogênio verde impulsionará ainda mais a atividade portuária, exportando combustível para abastecer a Europa. O sistema intermodal, integrando hidrovia, rodovias e ferrovias, proporcionará custos de transporte mais baixos, contribuindo para a competitividade do Porto Piauí.

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Realização do DDS-QA com os colaboradores em Marituba | reportagem segurança de alimentos | Foto: Reprodução
mobilidade urbana
braskem
Aldemir Freire, Diretor de Planejamento do BNB | Reprodução Linkedin
summit-mobilidade
investalagoas1
Cerimônia marcou a grande noite dos vencedores do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE). Foto: Erivelton Viana.
Uma tela de computador exibindo um mapa do Brasil, um cacto representando o Nordeste e uma seta com indicadores econômicos em crescimento
Karine_Oliveira_Shark_Tank_Brasil_sony_da4a4753b7
Julio-VasconcelosJVC05434-Aprimorado-NR-scaled_p7420_cover_image_resized

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }