Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
29 de maio de 2024 06:30

Nordeste avança no Ranking de Competitividade dos Municípios

Nordeste avança no Ranking de Competitividade dos Municípios

Em análise exclusiva, Investindo Por Aí destaca avanços e desafios mostrados no estudo

Divulgado nesta quarta-feira (23), o Ranking de Competitividade dos Municípios, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), ranqueou a competitividade de 410 municípios brasileiros com população acima de 80 mil habitantes.

O estudo analisa uma ampla gama de indicadores distribuídos em 13 pilares temáticos, cada um representando um aspecto fundamental para a avaliação abrangente do desempenho das cidades. Esses pilares incluem desde a sustentabilidade fiscal até a inovação e dinamismo econômico, passando pela qualidade da saúde, acesso à educação, segurança, entre outros.

O Nordeste avançou 11 posições no ranking geral e subiu notáveis 16 e 17 posições nas dimensões instituições e sociedade, respectivamente. No entanto, recuou duas posições na dimensão econômica.

Ranking de competitividade dos municipios
Divulgação

“Constata-se ainda a necessidade de avanço expressivo e consistente para os municípios do Nordeste em todas as dimensões que mensuram a competitividade municipal, mesmo tendo ocorrido uma perceptível melhoria do posicionamento, na média, no ranking geral e nas dimensões instituições e sociedade”, afirma a publicação.

Cenário nacional

A região Nordeste possui um espectro variado de desempenho entre suas cidades. Recife, a capital pernambucana, continua liderando o Nordeste como a cidade mais competitiva, ocupando a sétima posição no cenário nacional. Fortaleza, Sobral, João Pessoa e Teresina também se destacam entre os municípios mais bem posicionados do Nordeste, contribuindo significativamente para o progresso da região.

Ranking regional

No ranking das cidades do Nordeste, a capital pernambucana, Recife, conquistou a primeira posição, seguida de perto por Fortaleza, na segunda colocação. No entanto, outros municípios também mostraram notáveis avanços e desempenhos respeitáveis, como Sobral, João Pessoa e Teresina.

Contudo, é fundamental ressaltar que o Nordeste enfrenta desafios persistentes. Muitos municípios ainda ocupam as últimas colocações do ranking, indicando que há um caminho a percorrer para fortalecer vários aspectos essenciais da competitividade.

Garanhuns em ascensão

Uma das maiores surpresas deste ranking é a cidade pernambucana de Garanhuns, conhecida como a “Suiça Brasileira”. Garanhuns não apenas entrou para o seleto grupo das 200 cidades mais competitivas do Brasil, mas também foi a localidade nordestina que mais avançou. Ao conquistar uma impressionante ascensão de 59 posições, saindo da 254ª colocação em 2022 para a 195ª em 2023, Garanhuns brilha nos pilares de segurança pública, sustentabilidade social e inovação.

Sobral: exemplo de excelência educacional

Outro destaque importante é a cidade cearense de Sobral, que também registrou um notável progresso no ranking, atingindo a 136ª posição. Sobral já é renomada por seu compromisso com a excelência na educação pública e manteve essa reputação elevada. Além disso, o município se destacou nos pilares de eficiência da máquina pública, capital humano e mobilidade urbana.

Caruaru: diversificação econômica como chave

Caruaru, a maior cidade do agreste pernambucano, alcançou a 181ª posição no ranking nacional. Conhecida por sua economia diversificada, fundamentada no comércio, na indústria e na agricultura, Caruaru se sobressaiu nos pilares de dinamismo econômico, solidez fiscal e saneamento.

Posicionamento das capitais brasileiras no Ranking de Competitividade

  1. Florianópolis – SC – Pontuação: 65.92
  2. São Paulo – SP – Pontuação: 64.39
  3. Porto Alegre – RS – Pontuação: 63.3
  4. Curitiba – PR – Pontuação: 62.69
  5. Vitória – ES – Pontuação: 61.57
  6. Belo Horizonte – MG – Pontuação: 60.73
  7. Recife – PE – Pontuação: 57.39
  8. Rio de Janeiro – RJ – Pontuação: 56.37
  9. Campo Grande – MS – Pontuação: 54.4
  10. Palmas – TO – Pontuação: 53.5
  11. Fortaleza – CE – Pontuação: 53.08
  12. Goiânia – GO – Pontuação: 52.92
  13. Cuiabá – MT – Pontuação: 52.89
  14. João Pessoa – PB – Pontuação: 52.06
  15. Teresina – PI – Pontuação: 51.88
  16. Aracaju – SE – Pontuação: 51.29
  17. Salvador – BA – Pontuação: 50.03
  18. Manaus – AM – Pontuação: 50.02
  19. São Luís – MA – Pontuação: 49.96
  20. Rio Branco – AC – Pontuação: 49.79
  21. Natal – RN – Pontuação: 49.26
  22. Maceió – AL – Pontuação: 48.7
  23. Belém – PA – Pontuação: 47.22
  24. Boa Vista – RR – Pontuação: 47.06
  25. Porto Velho – RO – Pontuação: 43.89
  26. Macapá – AP – Pontuação: 41.92

Posicionamento das 20 cidades mais bem colocadas do Nordeste no Ranking de Competitividade

  1. Recife – PE – Pontuação: 57.39
  2. Fortaleza – CE – Pontuação: 53.08
  3. Sobral – CE – Pontuação: 52.93
  4. João Pessoa – PB – Pontuação: 52.06
  5. Teresina – PI – Pontuação: 51.88
  6. Caruaru – PE – Pontuação: 51.45
  7. Aracaju – SE – Pontuação: 51.29
  8. Garanhuns – PE – Pontuação: 50.6
  9. Campina Grande – PB – Pontuação: 50.6
  10. Serra Talhada – PE – Pontuação: 50.33
  11. Salvador – BA – Pontuação: 50.03
  12. São Luís – MA – Pontuação: 49.96
  13. Picos – PI – Pontuação: 49.46
  14. São Cristóvão – SE – Pontuação: 49.26
  15. Natal – RN – Pontuação: 49.26
  16. Petrolina – PE – Pontuação: 49.06
  17. Crato – CE – Pontuação: 48.71
  18. Maceió – AL – Pontuação: 48.7
  19. Mossoró – RN – Pontuação: 48.1
  20. Patos – PB – Pontuação: 47.89
Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

b3-4
Imagem do WhatsApp de 2024-05-24 à(s) 10.44
Galvanifertilizantespng
pina - recife
tijolos-ecologicos-
(Foto: Romain Dancre/Unsplash)
img13-1
Praia de Carneiros | Reprodução
WhatsApp Image 2024-05-17 at 14.23

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }