Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
Jornalismo econômico para a inovação no Nordeste -
15 de junho de 2024 14:25

Produção de grãos do Nordeste deve crescer 7,4% este ano

Produção de grãos do Nordeste deve crescer 7,4% este ano

Alagoas deverá ter o maior crescimento entre os estados da região, com aumento de 122% na sua produção graneleira

A região Nordeste deve produzir 27,3 milhões de toneladas de grãos até o final de 2023, uma produção 7,4% maior do que a registrada no ano passado. É o que revela o informe macroeconômico divulgado esta semana pelo Banco do Nordeste.

O relatório destaca que os principais estados responsáveis por essa expectativa de alta na produção graneleira são: Alagoas, com 122,8% de crescimento, seguido pela Paraíba, com aumento de 56,4%, Piauí com 11,6% e o estado do Maranhão, que deverá crescer a produção de grãos em 8,7% na comparação com o ano passado.

Segundo a Secretaria de Agricultura do estado de Alagoas (Seagri/AL),  a expectativa do estado em mais que dobrar sua produção de grãos reflete um progresso considerável na capacidade agrícola e na eficiência das práticas de cultivo em Alagoas.

“Tivemos um aumento na área plantada, bem como, aumento da produtividade, traduzindo o crescimento expressivo na projeção de produção de grãos no Estado. Isso sugere uma maior adoção e eficiência nas práticas agrícolas relacionadas ao milho, além de uma condição climática mais favorável, resultando em um aumento significativo na produção”, afirmou a Seagri por meio de nota.

Ainda de acordo com a pasta, há também uma forte participação do Governo de Alagoas na previsão positiva. “A carga tributária nas operações com milho é de apenas 2%. Isso ajuda no desenvolvimento econômico e produtivo do estado”, conclui a nota.

Maiores produtores de grãos

O estado da Bahia lidera como o maior produtor regional de grãos, com participação de 44,5% no mercado, seguido por Piauí e Maranhão. Juntos os três estados representam mais de 92% da produção regional prevista para a safra deste ano.

Os dois principais grãos produzidos na região são a soja e o milho, com uma produção esperada de 14,6 e 10,1 milhões de toneladas cada. As duas culturas juntas, representam mais de 91% do total de grãos produzidos em toda região nordeste e correspondem por 76,9% da área plantada, sendo 33,1% da área destinada ao plantio de milho e 43,8% para o plantio de soja.

*Estudante de jornalismo, sob supervisão da editoria

Print Friendly, PDF & Email

Gostou desse artigo? compartilhe!

Últimas

Cerimônia marcou a grande noite dos vencedores do XII Prêmio Sebrae Prefeitura Empreendedora (PSPE). Foto: Erivelton Viana.
Uma tela de computador exibindo um mapa do Brasil, um cacto representando o Nordeste e uma seta com indicadores econômicos em crescimento
Karine_Oliveira_Shark_Tank_Brasil_sony_da4a4753b7
Julio-VasconcelosJVC05434-Aprimorado-NR-scaled_p7420_cover_image_resized
Imagem gerada por inteligência artificial: (várias lojas populares, vendendo milho cozido, com bandeirinhas coloridas penduradas em cordões nas ruas, vários compradores e um grupo com uma pessoa tocando sanfona)
engie-696x428
citer-piaui-hidrogenio-verde-jpg
Captura de tela de 2024-06-06 07-29-18
produtos-importados-2
industriaRN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#pf-content img.pf-large-image.pf-primary-img.flex-width.pf-size-full.mediumImage{ display:none !important; }